Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


Pesquisar

 


Orçamento de 100€. Porque é que tu consegues e eu não?

Sexta-feira, 13.04.12

No outro dia li algures, não sei se num comentário se num post, alguém a queixar-se que por mais que tentasse, não conseguia baixar a factura do supermercado. Já tinha riscado da sua lista de compras alguns produtos, aproveitado as promoções e usado vales de desconto, mas mesmo assim não conseguia atingir os 100€ de orçamento. 

Achava que estava a ser “incompetente” porque outras pessoas conseguiam fazê-lo e ela não. 

Ora! Esta menina tem uma família de 4 pessoas (dois adultos, um bebé e uma criança em idade escolar). É perfeitamente normal que gaste bastante mais de 100€. Para mim seria estranho conseguir gastar menos e manter a mesma qualidade de vida.

O problema é que ela estava a comparar os seus gastos com os de alguém que tem um agregado familiar mais pequeno!

Diz o ditado que a galinha do vizinho é sempre melhor que a minha! 


Antes de entrar em "paranóias", há que comparar as realidades familiares:

1º analisar a composição do agregado familiar. Fazer compras para 2 pessoas é completamente diferente do que fazer compras para 4, sendo que 2 delas são crianças;

2º saber se existem crianças nesse agregado. Quem tem filhos sabe que eles são uma fonte quase inesgotável de despesa (fraldas, toalhitas, cremes, papas, iogurtes, leite, roupa…). Lembro-me de que quando a filhota nasceu (há 6 anos) eu gastava cerca de 100€ por mês em fraldas, toalhitas e leite. 

3º saber se porventura nesse agregado existem outras fontes de fornecimento de bens ou produtos alimentares (legumes,  azeite, carnes caseiras, ovos,…);

4º analisar o cabaz de produtos consumidos  (se comem mais carne, legumes, etc).

Todos estes factores influenciam o valor gasto nas compras de supermercado.


Cabe a cada um de nós, gerir as informações que encontramos e adaptá-las à nossa realidade familiar e económica. Nós não somos todos iguais e vivemos de forma totalmente diferente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De Claudia Norte a 17.04.2012 às 10:23

Espero que as dicas que tenho visto por aqui e não só me ajudem nesta fase que começou em que apenas tenho 60€ mensais para 2 pessoas, irá ser assim pelo menos até Dezembro :(...Gosto muito do seu blog. Força e continue assim.

De Suzy a 27.04.2012 às 17:14

Olá Cláudia, eu e o meu marido neste momento estamos desempregados, e consigo fazer compras por vezes com menos de 60€, tem que se gerir muito bem, é um pouco difícil...mas cá nos arranjamos...somos só os dois, mas temos muitas despesas, faço sempre uma lista daquilo q realmente preciso, tenho praticamente sempre vales para o detergente, quer seja roupa e loiça, assim como para champôs, porque se formos a ver é essa parte q é mais cara...tenho sempre stock, pois há meses q não dá...ainda hoje fiz uma super compra no Minipreço, com o detergente Skip, era leve 2 pague 1 (8.99€) 2*36 doses, mas como tinha um vale de 2.50€ e talão Minipreço com produtos Skip a 50%: 8.99€-2.50€=6.49€-50%=3.24€, é asim deste tipo de promoções q falo, porque não sou aderente da campanha 75% do Continente, esse não dá na hora...em relação à comida, faço tipo uns menus semanais, q é para comprar somente o q preciso...azeite e outros condimentos não é preciso comprar sempre, logo aí poupa-se, optamos por comer massa, arroz, muitas vezes abdicamos da carne, comemos com legumes salteados ou estufados, fazem pratos saborosos sem gastar muito...faço muita sopa, porque quando tenho sopa, come-se com pão com queijo ou outro...a carne fica para outras alturas, já para não falar do peixe, é só mesmo quando está barato ou acho assim uma super promoção...este mês aproveitei o cabaz peixe no Pingo Doce, valia bem a pena e já nos dá para imenso tempo, comprei também pescada nº3 em promoção no Continente, mandei cortar fininha e vai dando..."miminhos" só mesmo quando "não sobra mês no fim da carteira"...mas acredito q tudo vá mudar...temos mesmo q acreditar...tenho 36 anos e lembro-me quando era pequena só se comia carne à Quarta-Feira e ao Domingo, e éramos muito felizes, e continuo a sê-lo...valha-nos o nosso pratinho de sopa...;), espero não tê-la "maçado" com este "testamento"...até breve

Comentar post



Comentários recentes

  • Tiago Serra

    http://www.tugaleaks.com/continente-vulneravel-ata...

  • lojasalfredoseixas

    https://www.facebook.com/LojasAlfredoSeixasMini-me...

  • me

    Obrigado! Tb vou ser mamã de 3. :)

  • Mãe de 3

    Boas festas! Que corra tudo bem e que em breve ten...

  • Cleo Norte

    Bom Natal e Feliz Ano Novo e que venham saudáveis ...